Rabanadas de vinho do Porto

by acomilona

Rabanadas há muitas, seus palermas! Não digo que estas rabanadas de vinho do Porto sejam melhores que as vossas, mas às vezes queremos variar os sabores de sempre. Aqui está a nossa sugestão para o vosso dia de Reis. Comparem com a vossa receita e vejam as diferenças!

Se procuram formas diferentes de fazer rabanadas, temos já aqui no blog o nosso Pain Perdu, que quando se começa a comer é difícil de parar. Esta receita é mais tradicional mas com um pormenor no final que faz toda a diferença.

A Receita

  • Começar por colocar num tacho 1 litro de água com 200 g de açúcar, uma casca de limão, 2 paus de canela e meia chávena de café de vinho do Porto. Deixar ferver 5 minutos e desligar, tirando do lume.
  • Partir um cacete de rabanadas em fatias de cerca de 2 cm de espessura.
  • Mergulhar as fatias de pão na calda, ainda quente, e deixar escorrer em papel absorvente.
  • Bater 2 ovos com uma colher de sopa de leite.
  • Dobrar a fatia de pão a meio e cobrir com o ovo, deixando escorrer o excesso de ovo.
  • Fritar (assim dobradas) em óleo em lume médio-alto até dourar.

Agora vocês têm duas opções: 1) cobrir com açúcar e canela e uma calda de vinho de Porto; ou 2) misturar 1 colher de açúcar branco com 1 colher de açúcar baunilhado, espalhar em cima das rabanadas e queimar o açúcar como se fosse leite creme. Se eu fosse a vocês escolhia a hipótese 2, mas para isso é preciso que vocês tenham um queimador a gás de cozinha… não estou a dizer que devam comprar um queimador para fazer esta cobertura. Ou será que estou?

Também podes gostar

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
4 dias atrás

2earshot

trackback

free gay chat nrooms https://bjsgaychatroom.info/

trackback
3 dias atrás

interracial dating gay https://gaypridee.com/

trackback
2 dias atrás

gay dating in tupelo https://speedgaydate.com/