Hummus

by O Comilão

Sinto que estão a precisar de receitas simples para os lanches de Verão. Também sinto que a vossa alimentação já teve melhores dias. Também sinto que não estão para ler muito.

Hummus significa grão-de-bico, e é um bocado parvo chamar isso a este molho. É como chamar tomate ao ketchup. Como ninguém vai passar a chamar isto por um nome de jeito, vamos avançar para a receita.

  • Numa taça, deita-se 400g de grão de bico cozido (1 frasco) e enche-se com água. Esfrega-se bem o grão de bico até as cascas saírem e deitam-se fora;
  • Num robot de cozinha ou num copo para uma varinha mágica, deita-se o grão de bico, 2 dentes de alho, 3 colheres de sopa de azeite, sumo de meio limão, sal e 4 colheres de sopa de tahini (certifiquem-se que o tahini é 100% sementes de sésamo);
  • Tritura-se tudo e vai-se juntando 1 cubo de gelo de vez em quando, para refrescar e ajudar a uma textura mais suave;
  • Está pronto quando quiserem, mas o tempo ideal anda por volta dos 5 minutos;
  • Tira-se metade para uma taça, deita-se 1 fio de azeite e sementes de sésamo;
  • Ao que sobra, junta-se pimento assado (eu usei de frasco para facilitar) e 1 colher de sopa de paprika e tritura-se novamente.

Servi com pão tostado e tiras de vegetais, mas as possibilidades são infinitas. Se calhar infinitas seja um exagero. Talvez as possibilidades sejam 1500. Pode-se usar numa refeição mais completa, como molho para hamburguers, ou com peixe frito. Pode-se usar como puré ou com massa. Como recheio de tartes ou tortillas……Senti-me tentado a dar 1500 possibilidades, mas vou-me ficar por aqui.

Também podes gostar

Leave a Comment