Caracóis de Chocolate

by acomilona

O meu amor pela refeição brunch é já plenamente conhecido e, portanto, receitas que me permitam enriquecer a mesa nessa hora enchem-me de alegria.

Estes caracóis quentinhos são sem sombra de dúvidas uma adição deliciosa à nossa mesa de brunch. Não são doces, ficam com uma textura quase que folhada e podem ser feitos com ou sem recheio que ficam igualmente deliciosos.

A Receita

  • Dissolver uma saqueta de fermento de padeiro em 150 mL de água morna.
  • Numa taça, colocar 400 g de farinha para pão. Fazer um buraco no centro e colocar 120 g de açúcar, 7 g de sal e 1 ovo. Misturar tudo e amassar. Juntar a água com fermento e continuar a amassar bem, durante pelo menos 5 minutos, até obter uma massa elástica. Deixar fermentar 1 hora.
  •  Dividir a massa em 6 partes e formar bolas. Deixar fermentar mais 1 hora.
  • Forrar a mesa com farinha e estender cada bola com o rolo, até que fiquem rectângulos quase transparente. Derreter 50 g de manteiga e pincelar a superfície de cada rectângulo. Cobrir os rectângulos com pepitas de chocolate.
  • Enrolar, formando cilindros compridos e deixar repousar 20 minutos adicionais.
  • No tabuleiro de ir ao forno forrado com papel vegetal, enroscar os cilindros de dentro para fora, deixando um espaço entre as voltas, porque a massa irá aumentar de volume. Esconder a extremidade debaixo da massa.
  • Deixar fermentar à temperatura ambiente, durante 12 horas ou durante a noite.
  • Pincelar com 1 ovo batido e levar a forno pré-aquecido a 180 ºC durante 15 minutos ou até ficarem dourados.
  • Deixar arrefecer um pouco e cobrir com açúcar em pó.

Tirando os tempos de espera, o tempo efetivo que esta receita exige é mesmo muito reduzido, por isso não se assustem. Se vocês forem pessoas estranhas podem substituir as pepitas de chocolate por frutas cristalizadas, frutos secos ou então podem nem por nada. Quando simples, estes caracóis ficam deliciosos aquecidos com manteiga ou com um doce… ou, adivinhem, com uma ganache de chocolate por cima!

Também podes gostar

Leave a Comment