Pastéis de massa tenra à bolonhesa

by acomilona

Depois do sucesso da receita das empanadas argentinas, estes pastéis de massa tenra são um petisco à moda portuguesa que não vos vão deixar ficar mal.

Eu sei que pastéis de massa tenra parecem daquelas coisas do tempo das avós, que ninguém tem tempo hoje em dia para fazer. E até há massa tenra já preparada que vocês podem comprar já feita no supermercado. Mas para quem gosta de ter projetos saborosos em mãos, que nos dão uma sensação de realização pessoal, aqui fica. A nossa ideia foi rechear esta massa leve e folhosa com uma bolonhesa deliciosa.

A Receita

  • Para a massa: colocar 250 g de farinha sobre a mesa, abrir ao meio uma cavidade e nela deitar 100 g de margarina e uma pitada de sal. Começar a amassar e ir juntando água morna (apenas a necessária para obter uma massa homogénea) e amassando sempre. Depois de amassada, bater a massa em cima da mesa, esticando-a com a mão algumas vezes e dobrando-a. Por fim, fazer uma bola com a massa, cobrir e deixar repousar 2 horas.
  • Para o recheio: existem algumas dicas importantes para fazer um bom molho à bolonhesa (vejam aqui) que podem seguir para fazer este recheio. De forma resumida, coloquem a refogar uma cebola, um alho fracês e uma cenoura, finamente picados, em lume brando, regados com azeite e temperados com sal e pimenta. Quando amolecidos, juntar a carne picada (temperada com sal) e fritar em lume alto, até os sucos dos legumes evaporarem e a carne ficar caramelizada. Juntar uma colher de sopa bem cheia de farinha e envolver bem. Adicionar meio frasco de polpa de tomate (normalmente uso a polpa de tomate bio da Guloso) e mexer até engrossar. Deixar arrefecer.
  • Com um rolo estender metade da massa bem fina e colocar montinhos de recheio sobre ela a intervalos regulares. Estender a outra metade e colocar por cima da massa com o recheio. Com a mão, unir as massas para fechar os pastéis e moldar com a forma que mais gostar. Polvilhar com farinha.

Estes pastéis podem ser fritos, mas ficam igualmente deliciosos no forno. Os que vocês vêm na fotografia foram assados no forno a 180 ºC até ficarem dourados. Uma delícia, como aperitivo, numa festa ou como elemento principal duma refeição, acompanhados com um arroz de legumes. E se eram bons no tempo das nossas avós, porque não trazê-los para os tempos modernos?

Também podes gostar

Leave a Comment