Quesadilla de frango assado

by O Comilão

Há poucas situações na vida em que é permitido dizer não a queijo. Há tantas variedades que é praticamente impossível arranjar alguma coisa com que não ligue bem. Queremos chocolate e queijo ao mesmo tempo? Sai um tiramisu. Queremos queijo mas também precisamos de comer peixe? Come-se uma tarte de peixe com puré e cheddar. Também é importante comer fruta? Sim.

No México gosta-se muito de queijo também, ao ponto de meterem “queijo” no nome de um dos seus pratos mais emblemáticos. Gostaria de ver mais essa atitude por cá, apesar de não me estar a lembrar de nenhum nome que fique bem….queijesinha…queijchorrinho…queijarroz de pato? Tudo péssimo….queijoada à transmontana? Este nem sequer leva queijo, valha-me deus… Bom, vamos à Quesadilla, que é tão fácil que até devia dar multa eu chamar-lhe receita.

  • Desfia-se o frango que sobrou do assado;
  • Salteia-se o frango com os vegetais que tiverem usado, como cebola, tomate, pimento, curgete, cenoura e tal;
  • Quando estiver quente, junta-se um dente de alho esmagado (se o tiverem assado ainda melhor), e 1 colher de chá de pesto e salteia-se mais 1 minuto até estar tudo bem misturado e reserva-se;
  • Pega-se numa tortilha e enche-se de queijo ralado, como mozzarella, um cheddar suave ou red leicester, por exemplo;
  • Espalha-se o preparado de carne e vegetais por cima e deita-se mais queijo, obviamente. Tapa-se com outra tortilla;
  • Aquece-se numa frigideira anti-aderente para o queijo derreter, dos dois lados.
Conselhos de Comilão
  1. Tentem comprar tortilhas em que vejam os poros. Sei que é difícil de perceber mas há umas com um aspecto mais plástico e outras que parecem mais fofas. Gosto muito das da marca Mission, por exemplo.
  2. O pesto é um grande amigo de queijo mozzarella. Já não é tão próximo dos outros mas aqui fica bem, porque o frango é bom a criar ambiente.
  3. Não encham as tortillas até à borda, senão vai sujar tudo.

Esta é mais uma daquelas receitas que ajuda a combater o desperdício alimentar, porque pode-se usar quase todo o tipo de sobras e é também extremamente rápida de fazer. Já estão fartos que eu diga que as receitas são fáceis e rápidas? Ok, vou ver uma difícil e lenta que é para não pensarem que a vida é um mar de rosas…um mar cheio de espinhos em que uma pessoa vai a nadar e é picada num olho e depois vem outra onda que traz mais rosas para nos picar as costas e nós queremos pedir socorro mas os navios não nos vêem porque as rosas tapam tudo. Há expressões que não fazem grande sentido, sinceramente.

Também podes gostar

Leave a Comment