Moelas estufadas

by O Comilão

Se pensarmos bem, comer moelas mete um bocado de impressão. No entanto, se tivermos em conta que há um prato típico em Portugal que vem para a mesa com cheiro a amoníaco e urina, comer esta parte da galinha já não parece assim tão estranho.

Muitos países têm pratos tradicionais feitos com moelas, sejam elas de galinha, pato ou peru, mas em nenhum se faz moelas estufadas desta maneira e muito menos se torna num petisco nacional. E digo isto sem conhecer o mundo inteiro, mas se conhecerem algum que faça parecido, de certeza que copiaram de nós, os canalhas. Vamos então a esta receita que até o meu gato saberia fazer, e eu nem gato tenho.

  • Começa-se por preparar 1/2kg de moelas. Gosto de parti-las a meio, pelo menos, e tirar muito da parte branca que não se desfaz tão bem na cozedura;
  • Picar 1 cebola média e 3 ou 4 dentes de alho e deitar para um tacho com 3 ou 4 colheres de sopa de azeite. Juntar também 2 folhas de louro, de preferência frescas;
  • Picar finamente uma malagueta e os talos de um ramo de salsa e juntar ao estrugido, com 1 pitada de sal;
  • Juntar as moelas, envolver e, passado 1 minuto, regar com 1 copo de vinho branco. Deixar ferver até o álcool ir à vida dele;
  • Pegar numa lata de tomate pelado e cortar em pedaços pequenos, com mais um pouco de sal. Se a vossa faca não conseguir cortar latas, cortem só o tomate. Junta-se ao tacho com uma colher de sopa de tomate concentrado e deixa-se fritar 2 minutos;
  • Juntar uma cerveja, ferver um pouco e reduzir o lume para perto do mínimo e tapar. Cozer durante 1h30m ou 2h.
Conselhos de comilão
  1. Podem substituir o tomate pelado por polpa ou tomate fresco, mas cada forma de tomate tem as suas vantagens e desvantagens. O tomate pelado, é muito fácil de partir e tem um sabor mais verdadeiro, comparando com a polpa.
  2. Também podem substituir a malagueta por piri-piri em molho, mas mais uma vez, a malagueta é mais natural e não estão assim a juntar mais azeite.
  3. Convém ir vendo se o tacho tem muito ou pouco líquido. Ninguém vai para o jacuzzi para estar completamente submerso nem só para molhar os pés.

Moelas estufadas podem ser acompanhadas com arroz, pão ou as duas coisas, como eu gosto. Podem nem ser acompanhadas com nada ou fazer parte de uma mesa de tapas à portuguesa. Só não acompanhem com massa cozida, senão eu vou a vossa casa e atiro o prato pela janela. Não me importa se vos está a saber bem. Dormir também é bom mas é preciso acordar. Enfim, moelas inspiram-me metáforas.

Também podes gostar

Leave a Comment