This is not a cheesecake!

by acomilona

Olá olá, a todos aqueles que me seguem no instagram tenho uma confissão a fazer… é verdade que coloquei uma foto desta receita lá. E também é verdade que disse que isto é um cheesecake na descrição. Mas, aqui que ninguém nos ouve, na realidade não é.

Bem, pelo menos, não no verdadeiro sentido da receita. Há uns tempos publiquei a receita para um belíssimo Cheesecake no forno e eu não queria estar a ser redundante, mas esta receita convenceu-me que valia a pena a pseudo-repetição aqui no blog. Tal como na receita anterior usei queijo quark mas, desta vez, para tentar fazer uma versão mais fit (quark+claras = boost de proteínas!) das receitas cremosas dos cheesecakes frios. O resultado foi este… um cheesecake que não é bem um cheeecake… aquilo a que se chamou de not-cheesecake.

A Receita

  • Triturar 150 g de bolacha-maria (a esta altura já deviam saber que só uso da torrada para doces) e juntar a 40 g de manteiga amolecida. Entornar a mistura para uma forma de cinta e decalcar bem no fundo até ficar uma base homogénea.
  • Demolhar 3 folhas de gelatina em água fria durante 5 minutos. Escorrer bem, adicionar uma colher de sopa de água e levar ao microondas 20 segundos. Tirar do microondas e mexer bem, certificando-se que a gelatina fica toda dissolvida.
  • Misturar 250 g de queijo quark com 25 g de açucar, batendo bem. Adicionar uma colher de sobremesa de aroma de baunilha e mexer.
  • Adicionar um iogurte grego natural e voltar a mexer. Juntar a gelatina derretida e voltar a mexer.
  • À parte, bater 2 claras em castelo, adicionando, aos poucos, 75 g de açucar até obter picos firmes e brilhantes. Adicionar metade das claras à mistura do queijo, envolvendo com uma espátula. Repetir com a outra metade das claras, envolvendo sempre com muito cuidado.
  • Deitar o preparado por cima da base de bolacha e refrigerar, pelo menos, 3 horas.

Depois do not-cheesecake solidificar fica ao vosso critério qual o topping de eleição. Aqui usei o topping de framboesa da Branca de Neve, mas a metade de not-cheesecake pertencente ao meu marido foi todinha coberta de topping de chocolate! Frutas frescas também são uma opção e ficam sempre bem. Aromatizei a mistura com baunilha, mas podia ter adicionado lima ou limão. A consistência que vão obter é semelhante a um iogurte mais sólido, que se desfaz quando levam a colher à boca, ao contrário de um cheesecake típico, que é cremoso e nos pede para lamber a colher. Parece um cheesecake, mas não é. É tão bom quanto um cheesecake? É, sim senhor. É o not-cheesecake.

Também podes gostar

Leave a Comment