Frango à parmegiana no forno

by acomilona

A comida italiana tem o poder de deixar qualquer um automaticamente apaixonado. Pelo menos comigo é assim que funciona.

Fiz esta receita pela primeira vez há cerca de 10 anos atrás. E depois não fiz mais. Foi uma trabalheira… para no fim o frango ficar seco! Que desperdício do meu tempo. Ter que fritar em óleo o panado de frango, para depois perder a crocância porque ficou a nadar no meio do molho de tomate e como vai ao forno para derreter o queijo, lá me secou a carne. Ná, isso não era para mim. Frango à parmegiana, nunca mais!… Até agora.

A Receita

  • Começar por preparar o molho de tomate: num tacho médio, juntar meia colher de café (ou menos) de piri-piri moído, 4 dentes de alho esmagados e 1 colher de sopa de azeite. Aquecer em lume médio, até o alho começar a libertar aroma (cerca de 1 minuto); juntar 1 lata de tomate pelado (das pequenas, com cerca de 390 g), 1 colher de chá de oregãos, 1 folha de louro lavada e sal q.b.; mexer e ir esmagando o tomate com as costas da colher; reduzir o fogão para lume baixo e deixar a fervilhar cerca de 20 minutos.
  • Ligar o forno a 200 ºC.
  • Cortar 2 peitos de frango a meio por forma a que fiquem com alturas o mais semelhante possível. Limpar com papel absorvente e temperar com sal e pimenta.
  • Num prato fundo, juntar 1 chávena de panko, meia chávena de queijo parmesão acabado de ralar, 1 colher de chá de oregãos, meia colher de chá de alho em pó, 1 colher de chá de sal e meia colher de chá de pimenta.
  • Noutro prato fundo bater 1 ovo.
  • A cada pedaço de frango, panar primeiramente com o ovo e depois com a mistura de panko, assegurando que toda a superfície do frango está bem coberta.
  • Preparar um tabuleiro de ir ao forno: forrar com papel de alumínio e pincelar com azeite.
  • Colocar os pedaços de frango no tabuleiro e levar ao forno, colocando o tabuleiro na segunda posição a contar de cima. Deixar cozinhar cerca de 15 minutos, sem virar.
  • Ao fim dos 15 minutos, virar o frango no tabuleiro, cobrir cada pedaço com o molho de tomate e com queijo mozzarella ralado. Levar de novo ao forno, desta vez com a função de grelhar por cima apenas até o queijo derreter e ganhar cor.

O resultado é um frango suculento, com o molho na quantidade certa e sem fritos! Para não dizer que é uma versão muito mais saudável. Quanto ao molho que sobra, ou guardam no frigorífico para outra refeição, ou então cozam uma massa à vossa escolha e envolvam tudo para fazer o acompanhamento perfeito.

Também podes gostar

Leave a Comment