Loukoumades – donuts gregos

by acomilona

Ok, esta receita diz que são donuts, mas isso é porque os gregos não sabem o que são farturas, senão chamar-se-ia farturas gregas. Reune, portanto, duas coisas que eu gosto bastante: viajar e doces dos santos populares.

Fazer receitas de outros países dá-me sempre um gostinho especial pois através da comida ficamos sempre a conhecer um pouco mais de cada cultura. Esta receita, apesar de ser grega, tem um toque bastante familiar dada a sua parecença com as nossas farturas. Uma vez que são fritos às colheradas, dão também ares dos nossos sonhos. Então aqui têm um híbrido entre sonhos e farturas. Tem tudo para correr bem.

A Receita

  • Numa taça, juntar uma saqueta (7 g) de fermento de padeiro e 165 mL de água morna e mexer.
  • Noutra taça, abrir um buraco no centro de 150 g de farinha fina, juntar uma pitada de sal, uma colher de sobremesa de açúcar e a mistura de água com fermento.
  • Mexer até obter uma mistura homogénea e deixar repousar 20 mins à temperatura ambiente (protegido de correntes de ar).
  • Gentilmente, com a ajuda de uma colher, deitar a massa em óleo quente e fritar até ficarem dourados.
  • Colocar sob papel absorvente e preparar a cobertura:
    • Triturar 50 g de amêndoas e juntar a 50 g de açúcar e uma colher de sobremesa de canela.
    • Misturar tudo e deitar sobre os donuts ainda quentes

Uma nota importante é que esta especialidade grega deve ser comida quente. Esta variante de cobertura com açúcar e canela fá-los ainda mais parecidos às nossas farturas, mas tipicamente estes donuts são regados com mel quente e depois com amêndoas grosseiramente picadas. O desafio nesta receita é, dado que a massa rende bastante, ficarmo-nos por apenas um ou dois…

Também podes gostar

Leave a Comment